Region: Bremen
Civil rights

Solidariedade com Pastor Olaf Latzel de Bremen

Petition is directed to
Bremische Evangelische Kirche (BEK)
20.136 Supporters
Collection finished
  1. Launched 06/06/2020
  2. Collection finished
  3. Prepare submission
  4. Dialog with recipient
  5. Decision

Com esta petição, nós, como signatários, estamos ao lado do pastor de Bremen, Olaf Latzel.

Estamos comprometidos com a liberdade de crença e expressão nas igrejas protestantes na Alemanha. O pastor de Bremen, Olaf Latzel, não deve, definitivamente, ser suspenso.

Reason

Razão

Na "Constituição da Igreja Evangélica de Bremen", diz o §1, parágrafo 2: "A liberdade de crença, consciência e *** liberdade de ensino *** das congregações permanece ilimitada".

Como resultado, a liberdade geral de ensino em Bremen é constitucional. Este direito básico de um pastor de Bremen não deve ser serrado. Mas é exatamente isso que está sendo feito atualmente.

Até a lei básica alemã esclarece a responsabilidade do homem diante de Deus. É o que diz no preâmbulo: "Na consciência de sua responsabilidade diante de Deus e do povo".

Outro fundamento legal autorizado é fornecido pelos parágrafos 1 e 2 do Artigo 4, nos quais está escrito: “A liberdade de crença, consciência e liberdade de credo religioso e ideológico são invioláveis. A prática imperturbável da religião é garantida.

O pastor de Bremen, assim, toma consciência de sua responsabilidade bíblica em relação a Deus e, ao mesmo tempo, isso é feito com base no direito canônico de Bremen e na Lei Básica Alemã.

A suspensão do pastor de Bremen seria uma violação dos direitos fundamentais e uma violação da lei da Igreja Evangélica de Bremen.

Informações básicas: "O funcionário representante da Igreja Evangélica de Bremen está pedindo a suspensão do controverso pastor da congregação de St.Martini, Olaf Latzel. No decorrer de seu trabalho, ele fez comentários sobre a Homosexualidade, que perante a Palavra de Deus é pecado. E tais palavras não agradaram os liberais.

"Latzel descreveu os homossexuais como" criminosos "em um seminário sobre casamento, mas mais tarde alegou que ele havia sido mal interpretado e pediu desculpas. O representante da equipe do BEK agora está exigindo sua suspensão . A hostilidade intolerável em relação a pessoas com um estilo de vida diferente não deve acontecer nem por um menbro ou por um funcionário da igreja, assim relata a carta dirigida à Igreja Sede.

Not yet a PRO argument.

No CONTRA argument yet.

Help us to strengthen citizen participation. We want your petition to get attention and stay independent.

Donate now