Region: Cologne
Media

Declaramos a nossa confiança no nosso Arcebispo, Cardeal Rainer Maria Woelki

Petition is directed to
Erzbistum Köln
2.784 Supporters
Collection finished
  1. Launched 17/02/2021
  2. Collection finished
  3. Submission on the 03 Mar 2021
  4. Dialog with recipient
  5. Decision

OPEN PETITION

Nós, subscritores da Initiative für Kardinal Woelki (Iniciativa de Apoio ao Cardeal Woelki), declaramos, expressamente, a nossa confiança no nosso Arcebispo, Cardeal Rainer Maria Woelki.  Pedimos-lhe que, apesar de todas as hostilidades provenientes de diversos lados, continue a desempenhar as suas funções de pastor da Arquidiocese de Colónia, em estreita união com o Santo Padre.

Reason

Fundamentação

No dia 28 de janeiro de 2021, o “Conselho Diocesano dos Católicos” da Arquidiocese de Colónia deliberou suspender, temporariamente, a sua participação ativa no “Caminho Pastoral do Futuro”. Simultaneamente, os responsáveis da Diocese foram incitados a assumir a responsabilidade pessoal pela investigação a casos de abuso.

O Arcebispo “falhou rotundamente enquanto autoridade moral". O “comportamento insuportável da liderança da diocese” levou a que “a confiança das pessoas na Igreja fosse permanentemente destruída e não possa mais vir a ser reparada”.

Tomada de posição

Sendo estas afirmações mais do que questionáveis, elas estão associadas ao compreensível descontentamento pela projetada reestruturação das paróquias da Arquidiocese de Colónia (Caminho Pastoral do Futuro), ao ponto de se poder questionar se não existirá uma instrumentalização duma causa a favor de outra.

Os ataques prejudiciais à reputação do Cardeal Woelki, liderados pela imprensa local neste contexto, criam a impressão de que os responsáveis da Diocese não estão empenhados em aliviar o sofrimento das vítimas e em punir os agressores, antes em continuar a encobrir os incidentes.

Argumento principal

O principal argumento na questão dos casos de abuso é, juntamente com a não divulgação do parecer jurídico elaborado pelo escritório de advogados de Munique, Westphal Spilker Wastl, a acusação de que o Cardeal Woelki possa ter querido encobrir casos de abuso na sua Diocese.  A suposição da Arquidiocese, de que o mencionado parecer jurídico conteria deficiências metodológicas, foi confirmada por um segundo parecer.

O “Conselho Diocesano” considera a não divulgação do primeiro parecer “questionável” e não entra em críticas ao segundo parecer, que acusa o relatório de Munique de graves deficiências metodológicas e de violar direitos pessoais.

O próprio Cardeal Woelki encomendou este segundo parecer, o que, sem dúvida, lhe confere o direito de decidir se deve ser publicado ou não o anterior. Não se pode inferir desta decisão um encobrimento, especialmente porque o Arcebispo já anunciou a publicação de um novo relatório para 18 de março.

Se olharmos para o tratamento habitual dado por Woelki a casos de abuso, dificilmente encontraremos uma falha moral na sua atuação. Pelo contrário, o Cardeal Woelki interveio repetida e imediatamente, tendo tirado as devidas consequências: os abusadores foram suspensos do ministério, as vítimas foram reconhecidas como tal e compensadas financeiramente.  Já durante o seu tempo como Arcebispo de Berlim, procurou sempre o diálogo com as vítimas.

Declaração de confiança

Nós, subscritores da Initiative für Kardinal Woelki (Iniciativa de Apoio ao Cardeal Woelki), rejeitamos um julgamento antecipado por parte do “Conselho Diocesano”. Lamentamos que conselhos e associações falem em nome da Igreja, sem se certificarem se existe um consenso entre os cristãos sobre este assunto.  Declaramos, expressamente, que o Cardeal Woelki, como pastor da Arquidiocese de Colónia, pode contar com o apoio de muitos crentes e agradecemos ao Arcebispo, que nos seus sermões e publicações, tenha evidenciado, repetidamente e com urgência, - contra as tendências relativistas - a mensagem de Jesus na sua autenticidade católica e, especialmente, a importância da celebração dominical da Eucaristia, como fonte e ponto alto da vida da Igreja.

(Lisboa, 16.02.2021)

Thank you for your support, Rainer Klawki from Köln
Question to the initiator

Not yet a PRO argument.

No CONTRA argument yet.

Help us to strengthen citizen participation. We want your petition to get attention and stay independent.

Donate now

openPetition international